Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

PORTUGAL: MAIS DE METADE DOS HABITATS ESTÃO AMEAÇADOS OU EM SITUAÇÃO DESFAVORÁVEL

Mäyjo, 10.08.15

habitats_SAPO

State of Nature” é o mais recente relatório da Comissão Europeia sobre o estado da natureza no território comunitário. De acordo com o documento, o estado de conservação dos habitats é preocupante: 77% dos habitats europeus estão em estado desfavorável ou de má conservação.

O relatório baseou-se em dados fornecidos pelos Estados-membros da União Europeia (UE) relativos ao período entre 2007 e 2012 e foi elaborado pela Agência Europeia do Ambiente.

No que concerne aos habitats do território europeu, o documento mostra que apenas 16% das áreas habitacionais de espécies se encontram num estado de conservação favorável. Quase metade do total de habitais, cerca de 47%, está em situação inadequada e quase um terço, 30%, em mau estado. Os prados, as zonas húmidas e os habitats dunares são os que causam maiores preocupações.

Quanto a Portugal, 29,5% dos habitas registados estão em estado favorável mas outros 58,3% surgem numa situação inadequada e 8,3 em más condições de conservação.

As principais ameaças para os habitats europeus, apontadas pelo relatório, estão ligadas à agricultura – o que inclui a alteração dos métodos agrícolas utilizados, com práticas cada vez mais intensivas, e um excessivo recurso a pastagens. Outra ameaça são as modificações das condições naturais, com impactos principalmente a nível dos recursos hidrológicos devido às mudanças operadas nos cursos de água, escreve a agência SINC.

O documento dá ainda conta da situação das aves europeias. Segundo o relatório, 52% de todas as espécies de aves selvagens avaliadas “têm um estatuto seguro”, mas cerca de 17% das espécies continuam a estar ameaçadas e aproximadamente 15% estão quase ameaçadas ou em declínio.

Quanto às aves que habitam o território nacional, cerca de 21,3% das espécies tem populações a aumentar, e cerca de 12,1% das espécies tem populações que estão a diminuir, sendo que o estado de conservação da maior parte das aves que habita e nidifica em Portugal está por avaliar.

Foto: Armando Caldas / Creative Commons